Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Buscar   OK
Regional

Publicada em 08/08/17 as 18:50h - 1212 visualizações
Índios da Tribo Tuxi de Abaré ocupam sede do polo base de saúde em Juazeiro-BA

http://www.geraldojose.com.br


ocupação  (Foto: http://www.geraldojose.com.br)

Cerca de 40 índios da aldeia Tuxi, na região de Abaré, norte da Bahia, ocuparam na tarde desta terça-feira (08), a sede do Polo Base da Saúde Indígena em Juazeiro de onde só pretendem sair quando as suas reivindicações forem atendidas.

A reportagem do Blog Geraldo José foi convidada e conversou com o Cacique da Tribo Tuxi Alcides Feliciano dos Santos que disse que a comunidade está sendo prejudicada dada a atitude de perseguição da Assistente Social da coordenação regional Maria do Socorro Tumbalalá.
"A nossa ocupação aqui hoje foi motivada por duas pautas: A primeira é a nossa inserção no Conselho da Saúde Regional e a outra é o afastamento de uma assistente social, porque ela não é assistente social e sim, assistente anti-social porque ela é contra os povos indígenas. O próprio povo que ela pertence" expressou Alcides Feliciano.

"Nós não queremos mandar ela embora não, apenas a sua transferência porque ela está nos atrapalhando em todas as secretarias que nós vamos, inclusive, na saúde. Desde 2013 nosso povo está morrendo, a Sesab que era para nos atender, não atende por causa dessa mulher e nós queremos uma providência. Só vamos deixar o Polo da Saúde Indígena quando tivermos uma posição da Coordenação Estadual. Tá registrado em ata que ela disse que se a equipe médica da Sesab nos atender ela tocaria fogo na viatura. Então o que nós queremos é Justiça" prosseguiu o Cacique da Tribo Tuxi.

O Cacique criticou também a posição da Sesab. "A Sesab está sendo negligente porque ao invés de punir essa funcionária nos colocaram para ser atendido por Paulo Afonso, quando a gente pertence à jurisdição de atendimento é Juazeiro. Então se ficarmos por Paulo Afonso a gente vai ficar sem representação no Conselho que é a base do controle social".

Alcides Feliciano concluiu informando que a perseguição da Assistente Social talvez tenha motivação político partidária. "Ela e a família são contra a gente, mas a nossa luta não é a política partidária, e sim uma política pública de melhoria e qualidade de vida do nosso povo. Ela é ligada a esse grupo do PMDB que está comandando tudo e fazendo esse mal ao nosso povo".

Da redação Fotos: Geraldo José



Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.




Hora Certa
No Ar


Nenhuma programação cadastrada para esse horário



Peça sua Música

  • daniel
    Cidade: barra do tarrachil
    Música: nao deixo nao ,mano walter
  • 8samara Ribeiro de souza
    Cidade: chorrocho
    Música: mala100alca
  • fátinha
    Cidade: Aracaju
    Música: despacito
  • DARLISON RAFAEL PIRES SERTAO
    Cidade: CHORROCHO BAHIA
    Música: GOSTARIA DE OUVIR MANO WALTER NASCI PRA SER VAQUEIRO E EM SEGUIDA SE POSSIVEL NEGO DO BOREL ESQUECI COMO NAMORA.
  • eguinaldo (vei guina)
    Cidade: jundiai _ sao paulo
    Música: mc kelvim o grave bater
  • Hélio dos Santos
    Cidade: Aracaju-Se
    Música: De quem é a culpa - Silvania e Paulinha.
BAIXE NOSSO APLICATIVO
Clima Tempo
Estatísticas
Visitas: 6415561 Usuários Online: 140
Bate Papo

Digite seu NOME:


Parceiros

Chorrochó-Ba
Copyright (c) 2017 - Rádio Lider do Sertão FM-1049-Chorrochó-Ba - Todos os direitos reservados